Quem é você no isolamento?

No dia que nasceu, seus pais olharam para você e disseram: “Ele tem os olhos da mãe”. Ou: “Ela tem o queixo do pai.” Eles estavam olhando para algo familiar com que comparar. Muitos anos se passaram e talvez até hoje não foi possível descobrir quem você é de verdade. Neste últimos tempos, a pergunta que não quer calar é: quem é você no isolamento? Suas emoções, pensamentos e atitudes recentes têm revelado sua verdadeira essência?

De fato, na data do seu nascimento, como um novo ator em uma peça teatral, você surgiu no palco da vida em uma identidade única com um futuro completamente novo cheio de pensamentos, ideias e sonhos aguardando que você os colocasse em ação.

Mais para frente, à medida que cresceu, você foi colecionando partes das personalidades de outras pessoas. Começou a andar como seu pai, falar como a sua mãe, perder a paciência como sua avó, desconfiar de outras pessoas como seu avô.

quem é você no isolamento

E continuou na maturidade a emprestar diferentes partes de outras pessoas. Copiou as roupas e estilos de seus amigos, repetiu atitudes e hábitos das pessoas com quem mais conviveu. Até mesmo ambições, objetivos e padrões morais de outras pessoas começaram a substituir os seus.

Às vezes, você agiu assim de forma intencional com o objetivo de se encaixar ou se tornar mais popular, mas muito do que emprestou de outros indivíduos como, por exemplo, ter mau humor, insegurança ou atitude crítica, aconteceu sem a sua permissão. E estas partes sintéticas e involuntárias da sua personalidade começaram a substituir sua própria essência verdadeira.

Quando faz algo hoje, principalmente neste período de quarentena, e depois logo se arrepende de ter feito, você se pergunta: “Por que fiz isso? Eu sou realmente assim? Como posso mudar meu comportamento? Como consigo voltar a ser eu mesmo novamente?” Já refletiu sobre quem é você no isolamento?

quem é você no isolamento

Estas são realmente as questões mais importantes da sua existência, porque sua satisfação na vida depende de quanto você a está vivendo como si mesmo, e não como outra pessoa.

Como você se tornou alguém que não gosta ou respeita? Como que a sua verdadeira personalidade ficou enterrada embaixo destas máscaras sintéticas? E por que neste período de isolamento parece que ficou pior?

Infelizmente, você ainda não encontrou as respostas.

E ainda mais importante: e se essa personalidade sintética está encobrindo sua essência genuína, como seria possível recuperar seu caráter básico e voltar a ser você mesmo?

quem é você

Mas por que é tão importante aproveitar este período e saber quem é você no isolamento? Leia a resposta na citação abaixo:

“Você é amigo de si mesmo?
Provavelmente, o amigo a quem você tem dado menos atenção é a si mesmo. Contudo, toda pessoa, antes que possa ser um verdadeiro amigo do mundo, primeiro tem de se tornar um amigo de si mesmo.” (…)
“O primeiro passo no sentido de estabelecer esta amizade é adquirir um conhecimento do que você é e daquilo que poderia se tornar.” – L. Ron Hubbard

Mas como conseguir um autoconhecimento profundo que revele sua identidade autêntica?

Felizmente, o escritor e filósofo L. Ron Hubbard pesquisou profundamente a respeito da mente, pensamento e comportamento humanos e desenvolveu métodos terapêuticos que eliminam características de personalidade indesejadas sem o uso de drogas, hipnotismo ou meditação. Com estas técnicas é possível recuperar sua verdadeira personalidade e resgatar sua felicidade, autoconfiança e integridade.

Saiba mais assistindo à minha palestra online.

 

2 comentários em “Quem é você no isolamento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *