Como ser feliz trabalhando

Alguém inventou a diferença entre trabalho e diversão. O acordo geral é que o trabalho tem de ser árduo e não pode dar prazer. Mas, já que você passa um terço da sua vida (oito horas por dia) ou mais na labuta, seria muito útil saber como ser feliz trabalhando, não acha?

É claro que você já ouviu dizer que deveria trabalhar no que gosta e assim sentir prazer no que faz. Isso é ótimo, mas quantas pessoas realmente conseguem ter a atividade profissional pela qual são apaixonadas? Acredito que seja somente uma minoria.

Como que, então, um indivíduo poderia ser feliz trabalhando em qualquer atividade? Através da compreensão do propósito do trabalho em si.

como ser feliz trabalhando

Propósito é a razão que está por trás de uma ação, tarefa ou atividade. Muitas pessoas passam suas vidas em busca do seu propósito e ficam frustradas por não encontrá-lo.

É óbvio que quando alguém encontra o propósito e consegue combiná-lo com a atividade profissional que exerce, a empreitada diária torna-se muito mais prazerosa. E neste caso, é até possível trabalhar longas horas sem se cansar.

Mas, voltando ao caso mais comum, que talvez seja o seu, da pessoa que não gosta muito do trabalho que realiza, como ser feliz trabalhando de segunda a sexta ao invés de ter que aturar o horário comercial somente para “viver” no fim de semana?

Primeiro entendendo que o conceito “você só pode ser feliz fora do trabalho” é uma crença limitante. De fato, podemos ter prazer trabalhando em qualquer atividade, pois é muito gratificante trabalhar pelo simples fato de produzir algo útil (artigo ou serviço). Quem sabe até este seja o propósito que muitos buscam e não encontram.

como ser feliz trabalhando

Analise bem sua atividade profissional. O que você produz exatamente? Como isso ajuda outras pessoas, grupos e a sociedade em si? Encare isso como o propósito do seu trabalho e faça este exercício semanalmente, se necessário.

Agora, como lidar com os chefes antagônicos, colegas invejosos e traiçoeiros, longas horas, exaustão e outras dificuldades que todos nós enfrentamos em qualquer atividade profissional?

O filósofo L. Ron Hubbard escreveu no livro Os Problemas do Trabalho que a vida é um jogo formado de propósitos, barreiras e liberdade. Como, por exemplo, em um jogo de futebol no qual o propósito é o gol, as barreiras são o adversário, cansaço físico, faltas, erros e assim por diante, e as liberdades são os passes corretos, condicionamento físico e a integração do time.

Enquanto estes três fatores (liberdade, barreiras e propósitos) estiverem equilibrados, haverá um jogo e será divertido.

O que você diria de um jogador de futebol que se esquecesse do propósito de fazer gols e estivesse se dedicando somente a machucar o adversário? Pensaria que ele tinha ficado maluco. Exato!

Da mesma forma isso acontece no seu trabalho quando você se esquece do propósito e começa a simplesmente lutar contra as barreiras e dificuldades. Esta é a receita da infelicidade.

Outro fator interessante é que para um grande propósito, enormes obstáculos poderão surgir. Entendendo este aspecto da existência, fica mais fácil lidar com as adversidades sabendo que elas fazem parte do jogo.

E concluo com esta citação de L. Ron Hubbard do livro Os Problemas do Trabalho.

“Vamos então redefinir o trabalho e o divertimento. O divertimento deveria chamar-se “trabalho sem um propósito”. Também poderia ser chamado de “atividade sem propósito”. Isso nos levaria a definir o trabalho como “atividade com propósito.” .

L. Ron Hubbard

Portando, como ser feliz trabalhando pode ser uma nova realidade na sua vida se você seguir as dicas deste artigo.

2 comentários em “Como ser feliz trabalhando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *