3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham

Dinheiro é algo que tem o potencial para eternizar ou matar uma pessoa. Pode ser usado para o bem ou para o mal e parece ter um poder oculto sobre os indivíduos. Muitos acham que só serão felizes quando tiverem muitíssimo dinheiro e outros acreditam que dinheiro não traz felicidade. Para introduzir um pouco de clareza ao tema, resolvi escrever sobre os 3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham.

Como vivemos em mundo material no qual praticamente tudo que a gente quer fazer ou alcançar exige o uso do dinheiro, acredito que esclarecer o assunto pode trazer muito alívio e ajuda para qualquer pessoa. Principalmente para quem tem dificuldade em ganhar, manter e administrar essas notas de papel tão cobiçadas.

As perguntas que todos nós alguma vez já fizemos sobre o assunto são: por que algumas pessoas têm tanto dinheiro e a grande maioria não consegue ter? Será que o dinheiro é controlado por algo mágico ou místico? Como faço para que o dinheiro venha a mim?

3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham

O primeiro passo na direção de obter as respostas destas questões é entender alguns princípios básicos sobre economia e dinheiro.

O filósofo L. Ron Hubbard foi muito produtivo e bem-sucedido como escritor, além de atuar em vinte outras áreas profissionalmente. E assim, conseguiu atingir uma vida financeira bem saudável. Para nossa “sorte” ele escreveu também sobre o tema do dinheiro e aqui estão finalmente os 3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham.

PRIMEIRO SEGREDO

“Basicamente, o dinheiro é ‘uma ideia apoiada por confiança’.”  – L. Ron Hubbard

É por isso que você aceita dólares sem nenhum problema, mas de jeito nenhum aceitaria bolívares venezuelanos, certo? Precisa ter confiança no país que emite a moeda.

Mas como isso se traduz ao nosso dia a dia? Da mesma forma, você só compra serviços e produtos que confia e de pessoas e empresas que inspiram confiança.

Portanto, se quer aumentar a entrada de dinheiro precisa se tornar uma pessoa que inspire confiança e elevar seus produtos ou serviços ao patamar de muitíssimo confiáveis. (Mesmo que seja um colaborador contratado.)

SEGUNDO SEGREDO

“Dinheiro é uma unidade de atenção. Uma coroa, um dólar, um marco, um franco, é simplesmente uma unidade de atenção. Sabia que o dinheiro pode ser considerado como atenção? E segue exatamente as leis de atenção?” (…) “Você ganhará tanto dinheiro quanto consiga chamar a atenção, e você terá tanta atenção em uma sociedade quanto consiga colocar suas linhas de comunicação para fora. E se não puser seus pontos de comunicação para fora na sociedade, não haverá nenhum fluxo para si em termos de dinheiro.” – L. Ron Hubbard

Com este esclarecimento, conseguimos entender por que, muitas vezes, produtos ou serviços de baixa qualidade conseguem atrair tanto dinheiro. Simplesmente porque chamam a atenção e de alguma forma conseguiram ser muito bem conhecidos.

Linha de comunicação é o caminho pelo qual a comunicação viaja de uma pessoa a outra. No caso, queremos que chegue às pessoas que potencialmente irão trocar o dinheiro delas por nossos produtos e serviços. Pode ser conversando pessoalmente, ligando, enviando e-mails ou mensagens digitais por qualquer aplicativo ou rede social.

Portanto, não adianta ter um serviço ou produto magnífico que poucos conheçam ou realizar com muita qualidade seu trabalho em uma empresa sem mostrar isso a seus superiores. Comece, então, a chamar a atenção e expanda cada vez mais suas linhas de comunicação.

3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham

TERCEIRO SEGREDO

“Seu sucesso depende da produção de um efeito; suas finanças dependem que você atraia interesse. Se descobrir que as finanças estão falhando, irá descobrir imediatamente por que, se realizar que o sistema financeiro é um sistema de comunicações e que sistemas de comunicações são a base do que você está fazendo.” (…) “Uma pessoa que está tentando evitar que as comunicações ocorram tentará evitar que dinheiro seja recebido. Dinheiro não é um assunto sórdido, é a medida da quantidade de atenção que você está atraindo.” – L. Ron Hubbard

Nesta dica, fica ainda mais evidente o fato de que a comunicação é vital para que o dinheiro flua em sua direção. Mas, comunicação não é falar, falar e falar sem que ninguém escute ou compreenda. A sua ideia, transmitida através de uma linha de comunicação, precisa chegar até as pessoas às quais se direciona e ser completamente compreendida.

Isso não vai acontecer como um passe de mágica. Será necessário saber quem poderá se interessar por sua mensagem, elaborar o que e como falar, escolher as linhas de comunicação mais apropriadas e entrar em ação de forma intensa. E depois, repetir e ampliar constantemente!

3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham

Espero que os 3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham tenham sido úteis para você. Se tiver dúvidas específicas ao seu negócio ou área de atuação ou quiser um exercício prático, peça nos comentários ou entre em contato comigo.

8 comentários em “3 segredos do dinheiro que os ricos não compartilham

  1. Hercilia de Lima Responder

    Sensacional explicação , preciso acionar meus pontos de comunicação rrsss estão camuflados , Obrigada Lucia Winter

  2. JONAS MOLINA Responder

    Ual! Que perspetiva sobre o assunto! São ótimos segredos, principalmente o terceiro. Vou procurar ajustar isso na minha vida. Um suuuuuuper obrigado Lúcia!

  3. Estevao xavier volpini Responder

    Ótimos segredos compartilhados !! A confiança confirmada pela atenção e pela comunicação !! ” Se não comunica se trumbica .” Obrigado ! ! !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *